domingo, 16 de maio de 2010

UM ALMOÇO EM CRAVINHOS - 1932

Meu avô Sud viajava pelo Estado inteiro, principalmente quando estava ocupando algum cargo de relevância. Em maio de 1932, ele era Diretor Geral do Ensino do Estado, cargo que atualmente é o de Secretário Estadual da Educação.

Como o meio mais confortável de se viajar era de trem, era esse o transporte que ele utilizava em grande parte das vezes. Nesse dia (da carta acima), 21 de maio de 1932, ele chegou a Cravinhos e, descendo na estação da Mogiana, atravessou a praça e foi para o hotel Pires, esse que tem o logotipo na carta. Foi participar de um almoço com, provavelmente, políticos e professores da cidade e da região.

Era costume na época que todos assinassem um papel - uma espécie de documento - e o entregassem à pessoa principal do almoço. Sendo Sud essa pessoa nesse dia, ele levou a carta para seus arquivos. Setenta e oito anos mais tarde, eis que a desenterro dos papéis de meu acervo.

Dos nomes que constam do documento, não reconheci nenhum. Mas certamente haverá pessoas que saberão de quem se tratam os signatários.

De qualquer forma, é um documento histórico. Apenas para localizá-lo no tempo, esse dia foi um sábado: dois dias depois, quatro estudantes foram mortos no centro da cidade de São Paulo: Marcos, Miragaia, Drausio e Camargo - o MMDC. Sud havia retornado à Capital poucas horas antes do tiroteio e por causa disso chegou atrasado a seu escritório, que era a poucos metros de onde se deu o triste caso. Ele não o presenciou.

10 comentários:

  1. Ralph, achei interessante a cozinha ter ESMERO e ESCRUPULO. É engraçado... Usar a palavra "escrupulo" em vez de higiene. Abraços, Eliana Belo

    ResponderExcluir
  2. Bom, Eliana, era o hotel que tinha esmero e escrupulos... o que incluia a cozinha :))). E eu achei um sujeito na lista que eu conheci. Antonio Siqueira de Abreu (meu tio-avô, morto em 1977).

    ResponderExcluir
  3. Legal seria ver algum jornal de Cravinhos da época (existiria um?). Parece que a lista foi mandada para a imprensa... Deve ter comentários, artigo, alguma coisa.

    ResponderExcluir
  4. Parece que existia, sim. Mas talvez tenha saido tb em Ribeirao Preto.

    ResponderExcluir
  5. Que legal Ralph! No documento há uma assinatura do Prof. Francisco Gomes, ele escreveu o livro: "Cravinhos: histórico, geográfico, agrícola e comercial em 1922".Em Cravinhos também há uma escola com o nome dele, eu já dei aulas lá.
    Ralph, participo de uma biblioteca comunitária aqui em Cravinhos, trata-se do projeto Cre-ser http://cre-sercravinhos.blogspot.com/ não visamos fins lucrativos e incentivamos a cultura na cidade, gostaria de saber se eu posso usar a imagem desse documento em algumas de nossas publicações.
    Aguardo resposta, com altas considerações Alexandre de Freitas e-mail altasvirtudes@bol.com.br

    ResponderExcluir
  6. Valeu Ralph! Muito obrigado, em nome do Projeto Cre-ser.

    ResponderExcluir
  7. Olá Ralph.
    Criei um grupo no FACEBOOK, um museu virtual de imagem. Tomei a liberdade de usar seu material.
    Há problema??

    ResponderExcluir
  8. Não, meu caro, não há problema. Citando a fonte, está tudo bem!

    ResponderExcluir
  9. http://www.plataformaverri.com.br/index.php?bib=1&local=book&letter=C&idCity=19&idCategory=1&idBook=148

    http://www.genealogiafreire.com.br/jeo_caravana_pereira_barreto.htm

    ResponderExcluir