quarta-feira, 1 de outubro de 2014

HOMENAGEM AO SAUDOSISMO FERROVIÁRIO


É, nós já tivemos trens de passageiros. Não eram os melhores do mundo, mas eram bons. Principalmente em São Paulo.

E me chamam de saudosista.

Chamem de que quiserem.

Enquanto isso, praticamente todos os países do mundo os mantém, menos o Brasil, que tem três a quatro linhas funcionando.

Que países atrasados,,, todos saudosistas, nós não, estamos bem, modernos e com ampla infra-estrutura de transporte.

Pena que é mentira.

Não sei os autores dessas fotografias, mas provavelmente estão entre os grandes preservadores da memória ferroviária de um tempo que já se foi: Sergio Martire, Vanderlei Zago, Alberto del Bianco, Ivanil Barbosa, José Pascon, Fabio Dardes e (não tantos) outros, cujos nomes, infelizmente não me vieram à cabeça neste momento. Sinto não ter todos os nomes aqui para colocar.

Pena que, nesse tempo, eu não ligasse para as ferrovias brasileiras. Cheguei tarde.

Um comentário:

  1. fui à Europa e andei bastante de trem. Foi sensasional , como um país pode deixar ferrovias de lado?

    ResponderExcluir