quarta-feira, 16 de março de 2011

MAIS UM MUSEU PAULISTA QUE SE VAI

Foto Fabiano Maia, Jornal de Jundiaí
O artigo abaixo foi publicado hoje no Jornal de Jundiaí e escrito por Andrea Lavagnini:

Depois de anunciar programação especial para este mês, quando completa 10 anos de atividades na cidade, o Museu da Energia de Jundiaí fechou suas portas, demitiu
seu coordenador Donizetti Aparecido Pinto e, oficialmente, anuncia remodelação de
acordo com "necessidades da cidade". As atividades foram suspensas na segunda-feira e visitações previstas de escolas precisaram ser canceladas.

Segundo a coordenadora de museologia da Fundação Energia e Saneamento, entidade que mantém o museu, Maria Paula Cruvinel, as chuvas intensas do início do ano danificaram o telhado e parte da estrutura do prédio, o que provocou seu fechamento para manutenção. Maria Paula afirma que o local passará por reformas para "atender o
público com mais qualidade", mas ressalta que não há ainda estimativa de quanto será investido.

De acordo com ela, o projeto para Jundiaí deve ficar pronto somente em abril e vai ser feito "levando em consideração as necessidades da cidade, de acordo com a
procura pelos serviços do museu". Ela adianta apenas que haverá novidades como ampliação de espaço para exibição de filmes, no auditório já existente. Maria Paula, também coordenadora do Museu da Energia em São Paulo e que está respondendo temporariamente pela unidade de Jundiaí, diz que a demissão de pessoal faz parte do
processo de reformulação.

O ex-coordenador Donizetti diz que foi pego de surpresa pelas mudanças, às vésperas das comemorações de aniversário. Ele explicou que, com as chuvas, os banheiros
ficaram sem condições de uso, o que levou a equipe técnica da própria Fundação a indicar o fechamento do prédio para visitações. Já para sua demissão a justificativa dada, segundo ele, foi falta de recursos, mas não falou em crise na Fundação.

Maria Paula afirma que o espaço será reinaugurado no dia 21 de maio, na semana em que se comemora o Dia do Museu, já com a remodelação concluída. Mas o novo
projeto ainda não está pronto. Até lá, fica mantida apenas a agenda do circuito de filmes Cinergia, aos sábados, no auditório do museu. O evento é uma parceria com a
produtora Lesovídeo. O Museu da Energia fica na rua Barão de Jundiaí, 202, Centro. Mais informações pelo telefone (11) 4521-4997.

Comentário deste blogueiro: são infelizmente poucas as coisas que se sustentam em termos culturais no Brasil, principalmente quando são bancadas pelo governo. A cada mudança de governo (neste caso, o museu é estadual), fecham-se museus, casas de cultura, centro de memória, mandam-se funcionários embora sem motivo, etc. etc. etc. O negócio mesmo é esquecer. Quem quiser ter cultura que compre seus livros e monte sua própria biblioteca e museu. Tristeza. O texto me foi enviado por Regina Kalman, de Jundiaí, cidade que, aliás, já tem fama de dar as costas para a cultura. O antigo museu da FEPASA, depois Museu da Cia. Paulista, está jogado às traças há anos, mesmo possuindo um acervo, digamos, insubstituível.

4 comentários:

  1. Depois de ter ontem tomado notícia de que a cantora Maria Bethânia recebeu 1,3 milhoes de reais do Ministério da Cultura para publicar um blog, nada mais me surpreende.
    Aqui a defesa da Senhora Ministra da Cultura: http://extra.globo.com/tv-e-lazer/polemica-de-maria-bethania-ministra-da-culturapublica-nota-de-esclarecimento-1331347.html

    ResponderExcluir
  2. Ah, se eu tivesse 1% disso pro meu bloguinho...

    ResponderExcluir
  3. Olá, Ralph

    O Museu da Energia de Jundiaí não está fechando. Ele suspendeu a visitação pública para fazer reformas já que as chuvas realmente danificaram áreas de acesso público. É uma questão que visa a segurança e bom atendimento ao público visitante. Temos previsão de reabertura em maio, na Semana Nacional de Museus.
    É importante salientar que o Museu da Energia de Jundiaí não é estadual. Ele é mantido pela Fundação Energia e Saneamen - instituição privada, sem fins lucrativos e sem mantenedores fixos criada para preservar o patrimônio cultural dos setores de energia e saneamento.
    Na reabertura, esperamos a sua visita no Museu e também dos internautas que acompanham o seu blog.

    Assessoria de Comunicação
    Fundação Energia e Saneamento
    www.museudaenergia.org.br

    ResponderExcluir
  4. Senhores: eu sei que é uma fundação... mas é ligada fortemente ao Estado, realmente. Infelizmente, os órgãos culturais não dão o devido respeito à memória - difícil de entender, pois é para isso que existem. Vazamentos, demissão de funcionários, fechamentos temporários que muitas vezes não tem os prazos respeitados para reabrir... é uma tristeza, mesmo. Não sei, por exemplo, se o funcionário demitido era competente ou não, mas já cansei de ver gente sendo posta na rua em entidades culturais simplesmente por "ganhar demais", enquanto sua dedicação e eficiência eram bastante altas. Enfim, vamos ver se o fechamento realmente será temporário ou se vai ser mais um daqueles que se tornam permanentes.

    ResponderExcluir