quinta-feira, 17 de março de 2011

RUA IGUATEMI, 1968 - E HOJE, 2011

Foto da rua Iguatemi em 1968: à esquerda, as casas já haviam sido demolidas e as máquinas passavam pelo novo leito. Folha de S. Paulo, 17/3/1968
As fotos postadas hoje mostram a rua Iguatemi de 1968 (a foto foi publicada em 17 de março desse ano) sendo transformada em avenida Brigadeiro Faria Lima (este último nome somente foi dado à rua alargada no final da obra, fato que eu pessoalmente me recordo, da época), e duas tiradas hoje por mim.

A intenção foi, mesmo com a péssima qualidade da fotografia que obtive no site da Folha de São Paulo, tentar localizar em que altura da avenida a imagem antiga foi obtida, já que o jornal não identificava o ponto exato. Na época, o alargamento foi feito entre as ruas Amauri e Teodoro Sampaio.

Como trabalho por ali, saí andando pelas calçadas da avenida hoje na hora do almoço tentando localizar o único imóvel que eu supunha ainda existir e que seria identificável na fotografia de 1968. Infelizmente não achei. Concluo que ou o prédio foi demolido ou foi totalmente reformado em sua parte externa. Não sei se estou correto.
Foto tomada hoje por mim
Em compensação, encontrei um pequeno edifício de três andares, residencial (hoje tem um restaurante no térreo), no atual número 2523 (antigo 952 da Iguatemi) que poderia ser o mesmo da fotografia. Não dá para ter certeza; é possível que existissem mais como esse que já tenham sido demolidos. Além do mais, se o edifício for esse mesmo (notem o telhado de quatro águas que aparece nas fotos antiga e atual), significaria dizer que o edifício de 9 ou 10 andares da fotografia antiga foi realmente demolido, e em seu lugar, o que existe hoje é uma agência do antigo Banespa - hoje Santander. Pode ser, mas é?

Curioso é a palmeira que aparece nas duas fotos: certamente não é a mesma, pois ela teria crescido bastante em mais de quarenta anos. Porém, ela parece estar no mesmo local, caso sejam mesmo os locais os mesmos. Hoje, essa palmeira está junto ao Shopping Iguatemi. Em 1968, o shopping já existia - bem menor e mais baixo, no entanto. Teria também palmeiras à sua frente?
Foto tomada hoje por mim
Gostaria de ouvir os comentários de meus leitores quanto às fotografias e os possíveis locais. E uma curiosidade, que acabei de descobrir neste momento: o jornal é do mesmo dia do ano que as fotos de hoje - 17 de março. Eu não havia reparado. 43 anos nos separam.

5 comentários:

  1. Pelo que me lembro das obras do alargamento, só o lado da písta Pinheiros-Itaim é que foi desapropriado. O outro lado não sofreu com o alargamento, e há boas chances de haver prédios de 1968 naquele lado. É curioso que até o Shopping, então recém-inaugurado, teve terrenos desapropriados. Será que eles não sabiam do projeto de alargamento?

    Pelo que me lembro, a rua Iguatemi só mudou de nome após a morte do Faria Lima, no segundo semestre de 1969 (em setembro, creio).

    ResponderExcluir
  2. Antonio, sim, foi o lado do shopping que foi ampliado. Eles perderam quase todo o estacionamento frontal. Sobrou só uma área pequena que depois sumiu com a expansão do térreo contra a calçada. Se o Iguatemi não sabia da expansão? Sei lá... de qualquer forma, aquela passagem lateral para o estacioanmento do fundo foi construída sobre o lieot do corrego Verde... Mas pelo que lembro, a quantidade de predios desse lado era quase nula... talvez somente predinhos de três andares. Quanto ao nome, sim, foi logo depois da morte dele. Mas a avenida estava quase pronta então.

    ResponderExcluir
  3. Aliás, por falar em desapropriação... elas eram muito comuns naquela época.

    Eu tratava dos dentes numa clínica infantil (Peter Pan, creio) na Praça Dom Gastão Liberal, o entroncamento das avenidas Santo Amaro, São Gabriel, Brigadeiro e rua Joaquim Floriano, nos idos de 1965. Na verdade era uma grande praça. Em 1967 começaram as obras do atual túnel que faz a união entre a av. Santo Amaro e São Gabriel e desapropriaram a casa onde ficava a clínica. Ela se mudou para uma outra casa, na rua Iguatemi... justamente no lado que foi desapropriado muito pouco tempo depois! Curioso, parece que esse alargamento da rua Iguatemi foi decidido de forma muito repentina. A clínica se mudou então para um prédio no outro lado da Iguatemi, onde encontrou um pouco de paz.

    ResponderExcluir
  4. Aqui uma foto do mesmo local e da mesma epoca nos anos 60: https://s-media-cache-ak0.pinimg.com/originals/47/1c/36/471c36f3d500dbc09f29f23542f56add.jpg

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cristina, então o tal predio que citei na postagem foi demolido mesmo. E nessa época. Na sua foto a palmeira é a mesa, e o Pao de Açucar é o do Shopping Iguatemi. Estou certo? O uqe voce acha? Obrigado

      Excluir