sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

AVENCAS, UM DISTRITO DE MARÍLIA, SP


Quem conhece histórias em quadrinhos deve saber o que é um "spin-off": uma história originada de outra história. Aqui, no caso, O "spin-off" é o distrito de Avencas, que teve sua criação sugerida em 1935 pela Comissão de Divisas dos Municípios Paulistas (ou algo assim, pois a cada hora escreviam de um jeito) da qual meu avô era um dos principais membros.

O distrito de Avencas foi citado numa postagem ainda deste mês de dezembro, neste pequeno trecho ali citado: "O artigo 7o e seus três parágrafos descrevem as fronteiras dos outros distritos que não o da sede, já descrito anteriormente: Oriente, Avencas e Casagrande." Lugarzinho sossegado está aí.


Avencas ainda existe? Ainda é distrito? A resposta é sim. Parado no tempo, ainda está lá. A gentileza e a curiosidade de meu amigo Daniel Gentili fizeram-no visitar o vilarejo ontem, dia 25 de dezembro. Pena que eu não fui junto. Não é perto daqui (mais de 500 quilômetros), mas é relativamente perto de onde Daniel mora, em Lins.

Vejamos o que ele disse e o que ele encontrou.

Hoje fui a Marília ( almoço com a família da Lúcia) bem cedo e dei uma esticada até Avencas.

É praticamente um pequeno bairro distante de Marília uns 20 km (um chute bem dado). É (ainda) distrito de Marília mas parece que recebe pouca atenção.

Segundo o meu sogro (83 anos) é mais ou menos da mesma época de Marília quando abundavam os cafezais, a agricultura depois mudou para o algodão, depois para amendoim, e agora melancia.


Porém o lugarejo não se desenvolveu (a Cia. Paulista estava meio longe).

As casas mais antigas são de madeira  da época do café.

Anexo vão algumas fotos das casas, estrada e da "Serra de Avencas" por onde andaram os dinossauros.

Há uma foto de uma casinha com um coqueiro do lado. Paisagem bastante bucólica... porem a uns 500 m de distância tem um "baita" aterro sanitário que dá para perceber uma pequena parte em uma das fotos. - esse foi o único "progresso" que Avencas recebeu da prefeitura de Marília em oitenta anos.

6 comentários:

  1. parabens pelo post, a minha familia tambem é de avencas, att
    robert
    instagram: exponential.rocks

    ResponderExcluir
  2. Eu morei ai em Avencas esse distrito faz parte de mim eu tenho Avencas como minha cicdade natal trabalhei na colheta de amendoim plantei muito café na fazenda vacaria morei no sítio do Rau galeto conheço conheço a família toda o seu filho toninho abraço toninho lembra de mim eu sou o Manoel to me candidatando a deputado estadual se eu me eleger Concertesa vo ajuda a população e essa cidade Avencas para mim não é Distrito e uma cidade que esqueceram esse distrito so depende dele e so ter uma administração política forte e que valorizem avencas

    ResponderExcluir
  3. Nasci em Avencas em 1956, saí de lá ainda bebê e voltou lá apenas por curiosidade em conhecer o local que nasci...minha surpresa é que a cidade parece que está congelada e não consegue sair deste estado de estagnação.....fico muito feliz com sua preservação, porém triste por nunca ter alcançado o progresso, não que isto traga ou garanta a felicidade pra alguém, mas o mínimo pro pequeno povoado no que tange ao seu próprio ego.....
    Muito estranho mesmo....

    ResponderExcluir