sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

FERROVIAS PAULISTAS: SÉCULO XX E XXI



2 comentários:

  1. Meu Deus, a diferença é gritante. Que tristeza.

    ResponderExcluir
  2. Mais triste ainda, é saber que não há nenhuma perspectiva de melhoria.

    ResponderExcluir